Afinal: Como fazer pasta americana?

Afinal: Como fazer pasta americana?

Toda pessoa que trabalha com vendas de doces gosta de aprender outras receitas diferentes, parece até que já nasceram com o dom de trabalhar com açúcar. E porque aprender como fazer pasta americana?

A pasta americana é usada para fazer vários tipos de acabamentos em bolos e doces como bolos de casamentos, bolos de aniversários, cupcakes e bolachas e ainda valoriza o trabalho de um confeiteiro.

Bolo de casamento
Foto de Dimitri Kuliuk no Pexels

Para um completo conhecimento no mundo dos doces, saber fazer uma boa pasta americana é muito importante, pois enriquece ainda mais o seu portfólio.

Se você quer saber como fazer pasta americana leia esse artigo até o final!

Saiba o que é a pasta americana

Você já deve ter visto muitas coberturas caprichadas e irresistíveis em festas mais sofisticadas como casamento, batizado, quinze anos, bodas, não é mesmo? Então, essas coberturas são feitas de pasta americana.

A pasta americana é muito utilizada para decorar bolos de casamentos, cupcakes e outros doces.

Se bem feita, pode ser transformada em uma verdadeira obra de arte, porém para isso, é necessário tomar alguns cuidados.

A pasta americana é feita com uma base de açúcar, que pode ser produzida artesanalmente ou adquirida pronta, bastando apenas manuseá-la em uma superfície coberta com açúcar impalpável ou de confeiteiro.

Desse modo a pasta americana é manuseada até recompor sua elasticidade e maciez no instante de aplicá-la ou moldá-la.

Dicas sobre as cores

É importante também saber como conservá-la para um melhor aproveitamento, desse modo, poderá aumentar a sua durabilidade. Para começar, a pasta americana é sensível à temperatura ambiente. Em dias chuvosos, para a produção artesanal, deve-se controlar a quantidade de glicerina utilizada de acordo com a umidade do ambiente e, além disso, a pasta americana branca aceita o uso de corantes em gel para sua coloração.

As cores que você irá utilizar vão depender exclusivamente do gosto do seu cliente, ou da indicação que você pode dar. Algumas cores como preto, vermelho ou azul marinho são difíceis de chegar ao tom desejado.

Pasta americana colorida

Nesse sentido, o ideal é que você adquira a pasta colorida que é encontrada no mercado com uma incrível variedade de cores vivas e vibrantes, o que vai economizar no seu tempo.

Dicas sobre acabamentos e conservação com a pasta americana

Fique atento ao seguinte: a pasta americana não vai tirar as imperfeições do seu bolo se ele estiver muito torto, a pasta americana pode até acentuar mais ainda o seu defeito, então procure fazer uma massa plana.

Outra dica bem importante é: ao manusear a pasta americana procure fazer em uma pedra mármore ou em um plástico grosso, por isso utilize um rolo de massa grande e liso.

Ao manusear, tenha perto um saquinho com amido, açúcar impalpável ou de confeiteiro para polvilhar levemente e certifique-se que a pasta não está grudando conforme vai abrindo.

Se você está iniciando, pratique em um isopor, mas antes passe uma camada fina de gordura vegetal ou gel de confeiteiro e repita várias vezes o processo para você aprender.

Antes de utilizar no bolo alise bem a pasta com alisadores próprios e depois de aplicada, não leve à geladeira ou freezer, pois terá sua superfície umedecida.

Não esqueça que antes de aplicá-la no bolo, você deve cobri-lo com ganache, doce de leite, geléia ou glacê, que servirá para aderir a pasta no bolo.

Para que não endureça e perca sua elasticidade, após aberta, a pasta americana deve ser preservada em sacos plásticos. Não há necessidade de guardá-la sob refrigeração.

Dicas para aplicar a pasta americana no bolo

Agora que estamos quase na hora de saber como fazer pasta americana na prática, vamos te falar alguns detalhes sobre sua aplicação, pois detalhes como a altura do bolo, recheio e espessura merecem atenção!

Sem dúvida a pasta americana traz charme e glamour a qualquer decoração de bolo e doces. Apesar de existir outras coberturas mais fáceis, mais leves como o chantilly e outros, a pasta americana dá um “tchan” nas coberturas.

Nesse sentido, não esqueça nunca que ela deve ser muito bem trabalhada e, além disso, precisa ser muito bem esticada, lisa e sem defeito para não interferir no resultado final.

  • Não é em qualquer bolo que pode ser aplicada, portanto o bolo deve ser específico para receber a pasta americana, além disso, deve estar liso e reto.
  • Não utilize massas tipo pão de ló ou genoise, pois elas não suportam o peso da pasta americana.
  • Bolos cobertos com pastas devem ter 10 cm de altura, pois assim poderão ser compostos com bolos falsos ou não.
  • Faça 5 camadas de recheios, pois além ficarem com um visual bonito, impede que o recheio saia pelas laterais do bolo.
  • Escolha recheios mais firmes. Se forem geleias também, passe uma camada fina em cada disco de bolo e espalhe o recheio por cima
  • Não utilize frutas cruas, pois podem azedar e, além disso, soltam líquidos que podem alterar a textura do bolo
  • Não utilize chantilly, mousse ou qualquer outro tipo de recheio que precise estar gelado para manter a textura.
  • Abra a pasta com a mesma espessura, nem muito grossa e nem muito fina
  • Aguarde pelo menos 1 hora antes de mudar o bolo para o tabuleiro definitivo, pois desse modo a pasta irá secar um pouco e não vai deformar e nem marcar.

Veja também: Tudo sobre massas de bolo

Passo a passo de como fazer a pasta americana

Agora que você já aprendeu dicas de como fazer a pasta americana e como conservar, vamos à receita para que você fique mais entendido no assunto. Mas primeiro vamos aos ingredientes:

  • 1 quilograma de açúcar impalpável
  • 2 colheres de sopa de glucose de milho ou amêndoa
  • 2 colheres de sopa de margarina
  • 2 pacotes de 24 gr de gelatina incolor
  • 6 colheres de sopa de água
  • 1 colher de chá de essência de amêndoa ou baunilha branca.

No primeiro passo, comece hidratando a gelatina, colocando-a em uma panela com água durante 3 a 5 minutos.

Em seguida leve a panela ao fogo baixo ou em banho Maria e acrescente a glucose, a margarina e a essência. Mexa até a mistura ficar homogênea, se deixar ferver, e desligue o fogo.

Despeje o açúcar sobre uma superfície lisa e limpa e abra um buraco ao centro e adicione a mistura feita anteriormente envolvendo delicadamente com uma colher.

Para obter a pasta americana você terá que misturar muito bem o açúcar com o preparado da panela, até obter uma massa dura e elástica. Após a mistura se tornar mais consistente, sove com as mãos.

Se a massa ainda estiver úmida, adicione mais açúcar aos poucos. Não exagere, caso contrário o resultado será uma pasta americana quebradiça.

Quando a massa estiver branca, lisa e fácil de modelar, sua pasta americana está pronta! Você já pode utilizá-la de imediato para decorar seus bolos ou guarde-a fora da geladeira embrulhada em plástico filme.

Truques

Quando você aprender como fazer pasta americana irá precisar entender também alguns truques que facilitarão o seu dia a dia o mais importante deles é sobre o açúcar impalpável, caso não encontre em lojas de confeitaria ou se não tiver com tempo de sair ou ainda se for uma emergência, você pode fazer o açúcar impalpável em casa! É só misturar muito bem 950 gramas de açúcar de confeiteiro em 50 gramas de amido de milho.

Conclusão

A pasta americana é uma excelente forma de cobrir bolos, cupcakes e doces em geral, mas é necessário saber como fazer pasta americana antes de aplicá-la nos seus doces.

Uma cobertura com pasta americana faz toda a diferença e não há quem resista a essa linda cobertura de bolos e doces.

Isso tornará seu negócio mais valorizado, pois muitas pessoas procuram por profissionais que sabem utilizá-la em suas encomendas.

Espero que tenha aprendido a fazer a pasta americana e que tenha gostado de todas as dicas para a utilização, aplicação e conservação da pasta americana.

Se você gostou desse artigo deixe um comentário abaixo! Aquele abraço.

3 Comentários

  1. WILDAMAR GABRIEL PEREIRA

    janeiro 1, 2021 at 10:18 pm

    PARABÉNS PELA RECEITA E TAMBÉM POR EXPLICAR PASSO A PASSO. QUE DEUS TE ABENÇOE.

    Responder
  2. Adinete

    janeiro 2, 2021 at 7:28 pm

    Gostei muito

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *